segunda-feira, 5 de março de 2012

***Sentimento e Poesia***




***Sentimento e Poesia***

Poesia é doçura é sentimento que ninguém segura
que aflora e deflora sentidos por vezes consumidos
é alma nobre que desfila é essência que apura

Poesia que do favo em doce mel por vezes é fel
que amarga e aperta a boca deixando a alma oca
mas cumprindo na sua existência o seu papel

Poesia que emana invisível fazendo-se tangível
na alma seu porto seguro onde por vezes o apuro
transborda em doce néctar de um sabor aprazível

Ó poesia que tocada em cordas bambas chamejantes
que ressoam nas entranhas de um coração em chamas
desafiam em notas na lira onde deliram ondulantes

Ó poesia descrente se me vens assim em amargura
sei da tua desventura da tua perdição em conflito
deixo que deslizes em águas pois conheço tua agrura

Pelo meu rosto transparente e alma resplandecente
brilha tal qual diamante gotejando assim triunfante
serenos voláteis da alma condensados de puro amor
by
***RosaMel***

.

Um comentário:

Penyuluh Perikanan disse...

visit suport blog here+ folow
pleas folow back
thank

Todos os textos deste blog têm os direitos registrados para RosaMel.