terça-feira, 15 de janeiro de 2008


***BUSCA***

Busquei unguento
no firmamento
Para acalmar
com meu tormento
Busquei orgasmos
nos braços teus
Molhei meus lábios
nos alfarrábios
dos pirineus
Imaginando
os teus afagos
fazendo estragos
no meu buquê
Quero tua alma
Teu pensamento
Teu corpo inteiro
Hospitaleiro
Abrigando o meu
E ao terminarmos
essa canção
Nós dançaremos
na ilusão
Que me foi dada
numa miragem
olhando os céus.
E na aragem, por entre as nuvens
deslizariam por entre véus.
Na grama fria e orvalhada,
fico acordada
esperando a volta
do meu corcel

***Rosa Mel***

2 comentários:

Dinha Fraga Barreto disse...

A MEL É UMA POETA JÁ CONHECIDA POR SUA DOÇURA E PELO SEU VIGOR CARREGADO DE SENSUALIDADE, ONDE AS LETRAS LHE CABEM MELHOR...
SOU SUA FÃ INCONDICIONAL, PRINCIPALMENTE QUANDO SE DEIXA LEVAR OOR ESSA ENERGIA TÃO BEM TRABALHADA NA SUA LINGUAGEM POÉTICA...SENSUAL SEM SER VULGAR...
COMBINAÇÃO MAIS QUE PERFEITA...
ENCANTTADA!

Zilda disse...

Agora a alma romântica, apaixonada fluindo sem pudor!!Expressa seus desejos,fantasias que chega a nos envolver.
Sem dúvida, Rosa, você é uma grande poetisa.Continue dando asas a essa criatividade e imaginação fértil.Sou sua fã!

Todos os textos deste blog têm os direitos registrados para RosaMel.