sábado, 11 de junho de 2011



***Belezas do coração**

Há tanto o coração padece
Que chora triste a partida
Mas eleva-se em uma prece
Doce, amarga, sentida...

Quem determina a vida
Neste vai e vem inconstante
Para que seja feliz ou dorida
E acabe tudo num instante

Mas um olhar diferente sorrindo
Por entre as nesgas do céu
Diz: "Meu filho... olha que lindo"!
Permeie as linhas ao léu

Ultrapasse as dores terrenas
Vislumbre em toda a emoção
Que dores são coisas amenas
E amores "Belezas do coração".
by
***RosaMel***

Um comentário:

M@ria disse...

As vezes ouço passar o vento;
e só de ouvir o vento passar,
vale a pena ter nascido.

Fernando Pessoa

Feliz Semana e beijos meus! M@ria

Todos os textos deste blog têm os direitos registrados para RosaMel.